Claro que não!

8 de Março de 2007

em Autarquia

Qualquer município com uma actividade cultural regular e com iniciativas de qualidade, ainda que pontuais, anseia ter um Auditório condigno.

Desde há muito Arouca tem esse desejo.

Houve outras prioridades. Legítimas talvez! Mas, o que é facto, é que o nosso concelho não tem, a este nível uma infra-estrutura capaz, de receber um evento ou espectáculo de nível.

Só que….

A pretensão assumida pelo Executivo Socialista é desajustada às necessidades e desconforme com as mais elementares regras sobre as quais assenta uma obra daquela natureza. Os referenciais consultados permitem-nos chegar a essa conclusão.

O local do projecto (em frente ao “ainda” que resta do Mercado Municipal e ao lado do supermercado Cavadinha) é exíguo. Será que se vai cometer o mesmo erro cometido aquando da construção do cinema?

Anterior:

Seguinte: